Menu ×

Notícias / Liderança

Atitudes mentais positivas para ter sucesso

Em outras palavras, você está reunindo os ingredientes fundamentais para o sucesso

Villela da Matta*

Crédito: Banco de Imagens

Vamos esclarecer uma coisa logo de início: não existe um ingrediente único para o sucesso. Como toda boa receita, chegar ao sucesso requer uma combinação de ingredientes, como esforço, trabalho duro, talento, competência. Uma atitude mental positiva não dispensa nem substitui nenhum desses componentes.

No entanto, pode complementá-los – ou mesmo potencializá-los. Por exemplo: sustentar o esforço requer resiliência, aquela capacidade de enfrentar obstáculos sem se deixar abater. Quanto mais baixa for sua resiliência, mais suscetível você será ao estresse. Quanto mais suscetível você for ao estresse, mais difícil será para você sustentar o esforço sem pagar um alto preço no que tange a sua saúde física, mental e emocional, e quanto mais alto for esse preço, menor será sua energia e disposição – para não falar em suas habilidades cognitivas, que também são negativamente afetadas pelo estresse intenso. Pois bem, a psicologia positiva nos diz que há uma correlação entre otimismo e resiliência, ou seja, pessoas otimistas tendem a ser mais resilientes.

Uma visão ingênua do otimismo costuma associá-lo a uma série de clichês. Segundo essa visão, o otimista seria aquele sujeito um tanto simplório, que parece enxergar as coisas por meio de lentes cor de rosa e se limita a acreditar que tudo vai dar certo, seja lá como for. Depois de anos de estudos, Martin Seligman, considerado pai da psicologia positiva, nos diz que o otimista se posiciona como o oposto do simplório. Resumidamente, é o seguinte: você é otimista quando seu modo de ver o mundo e de explicar as adversidades que lhe acontecem partem da premissa de que você tem poder. Já o pessimista, segundo Seligman, seria aquele que se posiciona como vítima diante de acontecimentos adversos.

Para o otimista, um evento negativo é, em geral, passageiro, localizado e circunstancial. Para o pessimista, é permanente (“isso nunca vai se resolver”), generalizado (“isso vai estragar tudo”) e acontece apenas com ele e por causa dele (“isso acontece comigo”). Essas frases banais, que todo mundo já deve ter dito alguma vez na vida, deveriam acionar um sinal de alerta quando expressam um modo de pensar que se consolidou como hábito capaz de direcionar comportamentos.

Se esse for o seu caso, saiba que o otimismo pode ser aprendido. E você pode começar a aprendê-lo com esse simples exercício: comece observando a si mesmo. Sempre que lhe ocorrerem pensamentos do tipo “não posso”, “não sou capaz”, “nada dá certo para mim” e outros do gênero, faça um pequeno esforço de imaginação e projete que você é o seu melhor amigo. O que você diria se seu melhor amigo lhe dissesse essas frases? Provavelmente, você tentaria animá-lo e dissuadi-lo dessas ideias. Você tentaria reforçar sua autoconfiança, lembrá-lo o quanto ele é competente e capaz e como ele conseguiu superar desafios dos mais diversos no passado. Você lhe diria: “É claro que você é capaz”. A questão é: se você pode ser compreensivo e encorajador com outras pessoas, por que não ser, também, com você mesmo?

Então o processo é esse. Aja como se você fosse seu melhor amigo toda vez que ameaçar descambar para o pessimismo. Insista nessa prática, repita-a sempre que necessário, até perceber que ela está se tornando automática. O que você ganha com isso? Alívio. Parece pouco? Pense de novo. Você vai poder relaxar e sair um pouco daquele estresse constante, da exaustão mental gerada pelos pensamentos negativos e repetitivos, do desânimo e da sensação de desalento. E essa brecha pode ser o que estava faltando para que você comece a recuperar sua energia e disposição. Sua mente vai se tornando mais clara, você vê as coisas de modo mais objetivo, percebe caminhos, soluções e possibilidades que não estava percebendo antes, sente-se mais resiliente. Assim, retornamos àquele ciclo inicial: ao elevar sua resiliência, você fica mais apto a sustentar o esforço e a direcionar seus talentos e competências de modo bem mais focado. Em outras palavras, você está reunindo os ingredientes fundamentais para o sucesso.

 

***

Villela da Matta* é fundador e presidente da Sociedade Brasileira de Coaching e presidente da SBCOACHING Corporate. Um dos maiores especialistas em business coaching do País, Villela da Matta atuou em organizações como Mercedes-Benz, Deutsche Telekom e participou da formação de mais de 20 mil coaches em mais de uma década de trabalho dedicado ao desenvolvimento do potencial humano, tornando-se conhecido pelo estilo único de transformação de alto impacto. É o primeiro master coach do Brasil. Publicou os títulos “Estratégias Avançadas de Vendas” e “Engajamento Total” em parceria com Flora Victoria e Brian Tracy.

Faça seu Download

Nesta área você encontra o nosso diretório de parceiros de negócios com relatórios, pesquisas, vídeos e estudos de caso para que você possa alcançá-los para obter informações adicionais sobre os produtos e serviços que ajude a você na tomada de decisão.

Para receber o download, por favor, preencha apenas na primeira vez os seus dados e qualificação e receba imediatamente o material para leitura.

Listar todos os arquivos