Menu ×

Notícias / Liderança

Como desenvolver novas forças em apenas 3 passos

No caminho do autoconhecimento

Redação - 18/04/2018 - 13:05:52

Crédito: Banco de Imagens

O que você faz bem? Quais são os seus maiores talentos? No caminho do autoconhecimento no qual refletimos sobre nossas principais forças, é inevitável ignorar o outro lado da moeda. Afinal, se todos nós temos nossos pontos fortes, temos também alguns aspectos que necessitam de atenção. Já parou para pensar também sobre eles? Muitas pessoas tendem a ignorá-los, mas uma vez que forem descobertos, podem ser desenvolvidos e lapidados para que se tornem poderosas ferramentas.

Veja como fazer isso em apenas 3 passos: 

1. Torne-se consciente

Tão importante quanto as forças, os pontos que exigem desenvolvimento são, também, parte de nossa natureza, e merecem atenção pois somente é possível aprimorar tais características se, primeiramente, formos capazes de reconhecê-las e aceitá-las. No entanto, é comum que muitas delas estejam em nosso “ponto cego”, fazendo com que sua identificação se torne um grande desafio para muitos. Outras pessoas do nosso círculo de convivência, por sua vez, podem ter mais consciência sobre elas. Portanto, pedir feedback sobre seus pontos a serem lapidados é uma ótima ideia para adquirir a sapiência necessária para desenvolvê-los. Então se você encontrar dificuldade em apontar tais aspectos, peça a opinião de amigos, colegas e familiares. 

2. Foco no positivo

Se, por exemplo, você chegou à conclusão de que precisa fortalecer sua liderança, de nada adianta afirmar que nunca será um bom líder – até porque isso não é verdade. Ao mesmo tempo, você pode ter concluído que gratidão, inteligência social e prudência estão entre suas principais forças. Pergunte-se, então, como você pode utilizar aquilo que você tem de melhor para desenvolver suas competências de liderança. A gratidão confere ao indivíduo empatia e generosidade; a força da inteligência social permite focar a consciência nos sentimentos dos outros; já a prudência facilita calcular as consequências das ações tomadas para minimizar riscos. Essas qualidades são indispensáveis em líderes. Dê atenção ao que você já é capaz de fazer bem e utilize esses recursos para impulsionar paralelamente aquilo que deseja. 

3. Tome atitude

Não adianta reconhecer os pontos a serem lapidados e buscar formas de impulsioná-los se você não entrar em ação para efetivamente desenvolvê-los, e para isso é necessário sair da zona de conforto. Trate-os como um músculo, que precisa de exercício constante para se fortalecer. Vamos retomar o exemplo da liderança. Que tal voluntariar-se para assumir um papel de liderança em um projeto de trabalho, mesmo que seja pequeno? Inclua esse exercício em sua lista de tarefas para que você não se esqueça de dar atenção a ele em sua rotina. 

Quando alguém está focado apenas nos aspectos positivos, acaba negligenciando outros pontos que merecem atenção. Isso é muito comum, porém perigoso, pois construir novas forças é crucial para o desenvolvimento pessoal, e ao fazê-lo, você conquista novas oportunidades e abre novos caminhos para atingir a realização. Experimente!

 

Por Villela da Matta, precursor do coaching no Brasil, presidente da SBCoaching. 

Faça seu Download

Nesta área você encontra o nosso diretório de parceiros de negócios com relatórios, pesquisas, vídeos e estudos de caso para que você possa alcançá-los para obter informações adicionais sobre os produtos e serviços que ajude a você na tomada de decisão.

Para receber o download, por favor, preencha apenas na primeira vez os seus dados e qualificação e receba imediatamente o material para leitura.

Listar todos os arquivos