Menu ×

Notícias / Liderança

Desvio positivo: como estimular uma performance acima da curva

A maioria das inovações acontece quando alguém se desvia do que é comum

Redação - 21/03/2018 - 12:38:27

Crédito: Banco de Imagens

O que você imagina quando alguém diz que um colaborador se desviou? Geralmente atribuímos o termo “desvio” a um comportamento negativo. No entanto, a maioria das inovações acontece quando alguém se desvia do que é comum, gerando resultados além do esperado. Pense da seguinte forma: no que diz respeito ao funcionamento fisiológico de um indivíduo, seu estado normal seria a saúde. A doença seria o desvio negativo, ao passo que a vitalidade seria um desvio positivo. O mesmo princípio aplica-se às organizações. Os desvios positivos, no entanto, não ocorrem por acaso: são frutos que o líder colhe quando emprega estratégias intencionais para motivar e engajar seu time.

O termo foi utilizado pela primeira vez pelos autores Richard Pascale e Jerry Sternin, em um artigo para a Harvard Business Review, para descrever pessoas que, com exatamente os mesmos recursos que os demais, são significativamente mais bem-sucedidas em suas atividades. Esse fenômeno é percebido em qualquer comunidade, sobretudo nas empresas, onde alguns indivíduos apresentam comportamentos e estratégias que os possibilitam encontrar soluções mais eficazes que seus colegas para resolver os mesmos problemas, mesmo diante do mesmo desafio, revelando, assim, uma eficiência acima da média e uma produtividade extraordinária.

Facilitando o desvio positivo

Os estudos sobre desvio positivo têm suas raízes em pesquisas sobre desnutrição infantil. Ao perceberem que algumas das crianças da comunidade eram mais sadias, os pesquisadores decidiram mudar a abordagem e focar aquilo que funcionava, em vez de depositar a atenção no negativo. As descobertas ajudaram a preencher as lacunas que faltavam para suprir as necessidades das crianças menos saudáveis. Esse é o princípio basilar do desvio positivo. Portanto, para extrair sempre os melhores resultados do time e assegurar que todos os colaboradores se encontrem sempre na curva positiva, é papel

do líder se concentrar nas forças de cada um, delegar sempre deixando claro o propósito das tarefas e desenvolver a autodeterminação dos indivíduos.

Foco nas forças

Segundo os autores Christopher Peterson e Martin Seligman, as pessoas só são realmente felizes quando descobrem e utilizam suas forças em todos os aspectos de suas vidas, inclusive no trabalho. Ignorar os pontos fortes dos colaboradores é uma medida perigosa que coloca em cheque o comprometimento do indivíduo com suas atividades: uma pesquisa do Instituto Gallup afirma que o engajamento cai para 9% quando os líderes não focam as forças individuais dos funcionários. Por outro lado, há um aumento de 73% no engajamento quando são levadas em consideração.

Significado e propósito

Esclarecer o propósito de uma tarefa e o que sua execução significa para a empresa é mostrar ao colaborador que seu trabalho é importante. Ao trazer um senso de propósito às atividades do time, o líder está facilitando o desvio positivo, pois quando as pessoas se importam com algo, elas possuem um desejo em entrar em ação e dar o seu melhor.

Desenvolver o senso de autodeterminação

O colaborador que trabalha com autonomia e poder de escolha tem suas ações caracterizadas por um sentimento de liberdade. Quando o trabalho de alguém é engessado em regras rígidas, o espaço para o desvio positivo se torna altamente limitado, dando pouca margem para comportamentos que excedam as expectativas de maneira benéfica.

Assim, o líder tem um papel primordial para a viabilização de desvios positivos e é um dos importantes propulsores para a ocorrência do fenômeno. Lideranças eficazes trazem uma profunda transformação na organização: motivam e estimulam o interesse, eliminando a ineficiência e inspirando seu time a apresentar um desempenho acima da média. Deseja inserir o desvio positivo em sua empresa? Pergunte-se: você tem sua atenção voltada para os aspectos positivos? Conhece as forças de seus liderados e estimula o uso delas? Reflita sobre esses assuntos e incentive seus colaboradores a terem uma eficiência acima da curva.

***

*Flora Victoria é presidente da SBCOACHING Training e diretora educacional do SBCOACHING Group. Mestre em psicologia positiva aplicada pela Universidade da Pensilvânia, é considerada a maior especialista em psicologia positiva aplicada ao coaching do país – seu trabalho precursor resultou na criação do primeiro treinamento de positive coaching do Brasil. Pioneira na condução de projetos de pesquisa e comprovação científica do coaching, tem contribuído significativamente para consolidar a credibilidade desse processo e estimular seu desenvolvimento no Brasil e no mundo. Trainer com ampla experiência, já atuou na formação de mais de 25 mil coaches.

Faça seu Download

Nesta área você encontra o nosso diretório de parceiros de negócios com relatórios, pesquisas, vídeos e estudos de caso para que você possa alcançá-los para obter informações adicionais sobre os produtos e serviços que ajude a você na tomada de decisão.

Para receber o download, por favor, preencha apenas na primeira vez os seus dados e qualificação e receba imediatamente o material para leitura.

Listar todos os arquivos