Menu ×

Notícias / Liderança

Inovação é um dos pontos de atenção na crise

Momento requer ainda foco na gestão, manutenção e reconhecimento de talentos

Redação - 17/03/2016 - 15:34:18

Eugenio Mussak
Crédito: Divulgação  /  Fonte: Revista Inovação

Evento realizado pela Amcham Campinas, o CEO Forum 2016, reuniu mais de 1000 líderes de empresas da região de Campinas e buscou passar uma mensagem positiva de foco na gestão, manutenção e reconhecimento de talentos e investimento na inovação, mesmo em tempos de turbulência. Em palestra de abertura, o professor da Fundação Dom Cabral, médico de formação e colunista, Eugênio Mussak, listou seis pontos de atenção para os gestores durante um período de crise.

Ponto 1: Revisão da Gestão

Para Mussak, tempos de crise são momentos de dificuldades que permitem mudanças, quando é necessário rever os processos e seus recursos. Em sua perspectiva, eficiência é essencial, assim gastar melhor e evitar o desperdício é muito mais indicado do que simplesmente gastar menos ou cortar custos.

Ponto 2: Revisão da Estratégia

Mussak define estratégia como a relação entre a realidade atual e um objetivo a ser atingido. Ele sugere que as empresas revejam seu SWOT com cuidado e periodicidade. Para ele, a crise é hora de rever a estratégia com atenção inclusive no que tange a participação de parceiros.

Ponto 3: Presença de líderes

Na crise nascem os bons líderes e são revelados os líderes ruins, ou os farsantes. O professor defende que é época para os líderes reais revisarem suas competências, que incluem competências hard (visão sistêmica, pensamento estratégico) e competências soft (gestão de equipe, comunicação).

Ponto 4: Cliente

“O pós-venda é a primeira fase da próxima venda”, colocou o professor. Assim, a crise é momento, mais do que nunca, de dar atenção a seu cliente.

Ponto 5: Inovação

Mussak revisitou Schumpeter, que ele chama de papa da inovação. Ele alerta que em algum momento toda empresa entra em crise e que a crise é um momento desconfortável, que faz a pessoa se mexer. Desta maneira, para ele é momento de investir em uma cultura de inovação, que permita a gestão do erro e não a culpabilização e punição dos que o cometem, uma vez que erros são efeitos colaterais inerentes na inovação.

Ponto 6: Postura
Mussak elege o sexto ponto como o mais importante. Para ele, são tempos de uma postura otimista, de análise e entendimento da situação para a tomada de decisões. Mussak lembra de Nietzsche e do conceito do übermensch. Para o professor, uma vez vencidos os inimigos internos, os inimigos externos se tornam irrelevantes.

SERVIÇOS:
Apoiar a formação de uma cultura de inovação dentro das empresas brasileiras é um dos objetivos da Agência de Inovação Inova Unicamp. Somente no ano de 2014, a Agência atendeu a 110 empresas com vistas à formação de projetos de pesquisa colaborativa com a Unicamp ou para transferência de tecnologias geradas na Universidade. Neste mesmo ano, a Unicamp firmou 29 contratos de P&D com empresas e 11 licenciamentos de tecnologia. Empresas interessadas em buscar cooperação em inovação com a Unicamp podem acionar o time da Inova por meio do e-mail parcerias@inova.unicamp.br.

Com informações de Vanessa Sensato

Faça seu Download

Nesta área você encontra o nosso diretório de parceiros de negócios com relatórios, pesquisas, vídeos e estudos de caso para que você possa alcançá-los para obter informações adicionais sobre os produtos e serviços que ajude a você na tomada de decisão.

Para receber o download, por favor, preencha apenas na primeira vez os seus dados e qualificação e receba imediatamente o material para leitura.

Listar todos os arquivos