Menu ×

Notícias / Liderança

Lições de inovação com David Bowie

O que podemos aprender com a gestão da carreira de sucesso de meio século do artista

Redação - 19/01/2016 - 11:25:57

David Bowie: reinventor de si mesmo
Crédito: The Telegraph  /  Fonte: Whiplash.net

David Bowie foi reinventor de si mesmo e tem muito a ensinar no mundo dos negócios, em constante transformação tanto quanto o artista que morreu ao completar 69 anos. Tanto no show business quanto no ambiente corporativo é preciso agilidade e coragem para tirar as ideias do papel e trasnformá-las em algo inovador. Nisso o Camaleão, como era conhecido, deu um show à parte. Estratégia e criatividade não faltaram para se reiventar década após década. 

Artigo no Polygon, assinado pelo jornalista Brian Crecente resume bem a vida desse astro: “Ao longo de sua vida, Bowie se reinventou continuamente, ano após ano e de um álbum para outro. Sua música e imagem mudaram radicalmente ao longo do tempo, mas seus fãs permaneceram leais, tanto pela emoção de acompanhar sua renovação, quanto pelos valores que seu trabalho representava”.

E o que será que fez com que David Bowie não tivesse medo da mudança? Ele sabia que seu espírito inovador ia além de sua imagem como artista. Com 50 anos de carreira lançou 26 discos, todos com uma pegada variada, sem seguir o mesmo padrão. 

Paralelamente soube exercer a liderança ao ser extremamente criterioso quanto à escolha dos profissionais com quem trabalhava e muito atento aos sinais e ao próprio feeling do negócio, o que foi decisivo para consolidar sua carreira. Assim, não hesitou quando precisou modernizar seu som, intercalando o rock’n’roll com a música pop, o que pode ser conferido no álbum Let’s Dance (1983). 

Outro fator que chama atenção na gestão de carreira foram as inúmeras parcerias firmadas. Freddie Mercury foi uma delas. 

Assim, com sua conduta, Bowie pode nos ensinar muito sobre inovação. Sempre esteve atento ao seu público e escutou o próprio feeling, pensando de um jeito diferente. E não existe inovação sem colocar as ideias em prática, por isso David Bowie, com sua criatividade camaleônica, pode ser considerado um exemplo a ser seguido, pois abriu novos caminhos e encontrou soluções onde outros não viam a menor possibilidade.

O que aprendemos com David Bowie é que precisamos nos reinventar a todo momento, deixar de seguir modinhas ou ter medo da concorrência, focar no talento e buscar boas parcerias. Quando se tem um propósito e se utiliza criatividade é possível fazer coisas inovadoras. 

 

Faça seu Download

Nesta área você encontra o nosso diretório de parceiros de negócios com relatórios, pesquisas, vídeos e estudos de caso para que você possa alcançá-los para obter informações adicionais sobre os produtos e serviços que ajude a você na tomada de decisão.

Para receber o download, por favor, preencha apenas na primeira vez os seus dados e qualificação e receba imediatamente o material para leitura.

Listar todos os arquivos