Menu ×

Notícias / Liderança

O Flow como estímulo à criatividade

A prática do Flow no ambiente profissional como estímulo à criatividade nas empresas

Flora Victoria* - 2/07/2018 - 16:17:46

Crédito: Banco de Imagens

Nas últimas décadas, com o advento da Psicologia Positiva no campo acadêmico e a difusão dos principais conceitos da área ao público, a ideia sobre o Flow e seus benefícios para o indivíduo passaram a ser constantemente discutidos na mídia.

Segundo Mihaly Csikszentmihalyi, psicólogo húngaro criador do conceito, o Flow pode ser definido como o processo no qual as emoções são direcionadas positivamente e de maneira espontânea em uma tarefa específica, elevando a concentração e, por consequência, a performance do indivíduo. Entretanto, em um mundo globalizado e de constante troca de informações, é cada vez mais raro obter condições específicas para esse nível de concentração. Pelo fato do conceito estar diretamente vinculado ao desempenho e motivação, a dificuldade em atingir níveis de Flow desencadeia, entre outras consequências, diversos problemas a área profissional.

No mundo empresarial, diante dos grandes desafios que as empresas enfrentam para conquistar vantagens competitivas, este tipo de envolvimento como o Flow é cada vez mais infrequente. De fato, em ambientes com contínuas interrupções, como ocorre com os funcionários diante de diferentes demandas, é difícil encontrar um estado de Flow. De acordo com o artigo de Terri Griffith publicado na Harvard Business Review (publicação em 17/04/2014), um estudo no local de trabalho encontrou uma média de quase 87 interrupções por dia (independentemente se eram intervalos benéficos ou prejudiciais ao funcionário e à empresa). Em seguida, em média, o tempo médio para retorno da tarefa era de 23 minutos, resultando em um dado de 18% de perda de tempo diária com as interrupções.

Os estados de Flow têm gatilhos – isto é, pré-condições que levam o indivíduo a este patamar psicológico ao desempenhar uma tarefa. Alguns desses gatilhos são psicológicos, enquanto outros são ambientais, sociais ou criativos. Porém, como o fluxo é um estado de absorção total, todas as condições tornam-se formas de aumentar e diminuir a atenção, direcionando o foco para o momento presente.

Um dos gatilhos psicológicos é a relação entre desafio e habilidades. Nesta perspectiva, somente é possível atingir o estado de fluxo quando se direciona próximo

ao ponto emocional entre o tédio e a ansiedade, no que os cientistas chamam de "canal de fluxo" – ponto no qual a tarefa é difícil o suficiente para nos prender a atenção, mas não é tedioso o suficiente para nos desanimar. Neste nível, não há espaço em sua consciência para conflitos ou contradições.

A criação destas condições de Flow desempenha seu papel mais importante na atual rotina acelerada das organizações quando é aplicada à criatividade. Segundo Steven Kotler, em seu artigo da Harvard Business Review (publicação em 06/05/2014), o Flow permite absorver o excesso de informação no contexto empresarial, sintetizando-o e integrando-o à necessidade da empresa. Isso por consequência impulsiona o processo criativo, uma vez que as distrações estão controladas e o ambiente para os insights está mais receptivo. Nesse estado, as conexões cerebrais, por meio de processos químicos, proporcionam ligações entre ideias muito mais distantes e de maneira mais rápida.

Desta forma, as estratégias de liderança e incentivos de hábitos que proporcionem estados de Flow são elementos necessários para organizações que priorizem a criatividade e inovação como valores profissionais. Ao combinar o aprendizado, a motivação e a criatividade no capital humano, o Flow pode ampliar essas três competências, que são as principais necessárias para acompanhar as futuras instabilidades e preparar a empresa para diferentes situações de mercado. É recomendado, por conseguinte, que os líderes tenham esta percepção de responsabilidade ao proporcionar aos funcionários estas condições positivas de resiliência, gerando benefícios individuais e resultados de alta performance para a organização.

 

*Por Flora Victoria, precursora do coaching no Brasil, fundadora e presidente da SBCoaching

Faça seu Download

Nesta área você encontra o nosso diretório de parceiros de negócios com relatórios, pesquisas, vídeos e estudos de caso para que você possa alcançá-los para obter informações adicionais sobre os produtos e serviços que ajude a você na tomada de decisão.

Para receber o download, por favor, preencha apenas na primeira vez os seus dados e qualificação e receba imediatamente o material para leitura.

Listar todos os arquivos